Posts com a TAG ‘iásbeck’

Casamento

Fernanda (filha de Tereza Cristina Zampa Iásbeck e de Alamir Lopes Iásbeck) e Aderbal Filho (filho de Maria do Socorro Paula de Melo e Aderbal da Fonseca Melo) casaram-se na Paradise Casa de Eventos, em São João Nepomuceno.

Celebração: pastores Maycon Barroso e Fred Barros… Talento’s Buffet… Música: Conjunto da Comunidade Cristão de São João Nepomuceno… Toninho Aleixo Decorações… Fotos: Everson Cabral.

Fernanda e Aderbal

Mestra

O sorriso top de Adriana Faver e o seu diploma em Mestra em Educação pela Universidade Católica de Petrópolis

‘Startup’ de JF é sucesso

Em suas viagens pela Europa divulgando o aplicativo Qranio, o juiz-forano Samir Iasbeck foi clicado com Kaká, num voo para Frankfurt (o jogador estava a caminho da China, onde ontem enfrentou a Argentina). A propósito, o Qranio é uma das cinco finalistas e única ‘startup’ brasileira entre mais de três mil empresas de internet no #SouthSummit14,  um dos eventos de empreendedorismo de maior repercussão mundial, que acontece em Madri. E mais: o “The Wall Street Journal” selecionou o Qranio como uma das cinco ‘startups’ para que todo mundo fique de olhos abertos.

"... o juiz-forano Samir Iasbeck foi clicado com Kaká..."

Fonte: jornal Tribuna de Minas – Coluna Cesar Romero – 14/10/2014

Aniversário

Rita de Cássia Ferreira Jorge da Fonseca, mais conhecida como Rita do Salim, deixou-se levar pelas ondas da comemoração de seu níver, planejado por Mônica Rossi, com toques e retoques dos colaboradores do Colégio Copeb/Bicas.

Para tanto foi ocupado o Espaço Cultural J. Franklin ao som do DJ Reginaldo.

Rita do Salim

Rita gostou tão gostado que até falou… Fala aí, mana!

“Não sonhamos sozinhos… Agradeço a todos que tornaram meu sonho de comemorar meus 60 anos de vida uma realidade. Dizer obrigada é pouco diante da emoção que estou sentindo… Como vocês me fizeram feliz! Meu eterno carinho e amor. Amoadoro vocês!!!

Game em mandarim
Samir Iásbeck retorna da China, onde agilizou negociações com a principal operadora de telefonia do país para distribuição da plataforma de jogos ‘online’ Qranio.

Para a tradução do ‘game’ para o mandarim foi contratada uma equipe chinesa.

A propósito
O embaixador do Brasil, Valdemar Carneiro Leão acompanhou o juiz-forano em todas as reuniões.

Fonte: jornal Tribuna de Minas – Coluna Cesar Romero – 18/04/2014

Casamento

Thelma (filha de Lucimar Carvalho dos Santos Valverde e Jaime Delgado Valverde – I.M) e Samir (filho de Suréia Lopes Iásbeck de Oliveira e José Mário de Oliveira) casaram-se, na Pousada Villa Paolucci, em Tiradentes (MG).

Top Fashion Eventos…Toninho Aleixo Decorações… Vila Rica Buffet… Pastor Fabiano Matias… DJ Célio Negrão… Trio Só Forró e Banda… Spot Som e Luz… Conceição Bem Casados… Luzieh Doces Finos… Eric Machado Fotografia… Todos de JF.

Casal

Panorâmica

Luiz Matias (padrasto), Lucimar, Rubens Valverde (tio), Thelma, Samir, Suréia e José Mário

‘Startups’

Incentivo a ‘Startups’ em Minas

Samir Iásbeck foi nomeado pelo governador Antônio Anastasia embaixador oficial do programa SEED – Desenvolvimento do Ecossistema de Empreendedorismo, que fomenta e acelera ‘startups’ em Minas. O juiz-forano é fundador do Qranio, ‘quiz-game’ com mais de 900 mil usuários, que utiliza a premiação para incentivar o aprendizado de seus usuários. Com 13 milhões de perguntas respondidas, o Qranio já entregou mais de 4,5 mil prêmios.

Samir e Anastasia

Fonte: jornal Tribuna de Minas – Coluna Cesar Romero – 09/02/2014

Fogo, eu te amo!
Mais de 50 mil alvinegros presenciaram ‘in loco’ a grande vitória do Botafogo em cima do Deportivo Quito. Goleada de 4 a 0. A emoção começou logo de cara quando a torcida desembrulhou um bitelo mosaico arvorando que ‘O gigante voltou’, após 17 anos sem disputar uma Libertadores.

No gogó da galera só dava Sidney Magal: “Fogo, eu te amo… Fogo, eu te amor, meu amor! Fogo, eu te amo… O meu sangue ferve por você…”

No novo maraca…

Sara Iásbeck, Pietro Bertelli, Ricardo Bertelli e Nem Abrantes

Em Nova York, o ‘case’ do Qranio

Gian Menezes e Samir Iásbeck (sócios do Qranio) com a executiva da PepsiCo Brasil Kathia Morini durante encontro no Sheraton Hotel, em Nova York. Os juiz-foranos, que ganharam a premiação “Pepsico 10”, apresentaram a ‘startup’ para o comando global da companhia. O Qranio desenvolve um trabalho de inserção da mecânica do ‘quiz’ para as marcas da empresa. Gian e Samir mostraram aos executivos como conseguiram reunir quase meio milhão de usuários no que hoje é considerado o ‘quis game’ mais popular do Brasil. Fonte: Tribuna de Minas - Coluna Cesar Romero – 06/10/2013)

Oscar das ‘Startups’

Com a plataforma digital GetNinjas – que fornece informações e avaliações sobre prestadores de serviços – Eduardo L’Hotellier conquistou o “Spark Awards 2013” como “a melhor ‘startup’ do ano”. Promovida pela Microsoft, em São Paulo, o Oscar das ‘Startups’ teve outro juiz-forano entre os primeiros lugares. Samir Iásbeck de Oliveira, da plataforma de jogos ‘on-line’ Qranio, ficou em segundo lugar na categoria “empreendedor do ano”. Na foto, Samir com a vencedora Bel Pesce, da FAZInnova. Fonte: jornal Tribuna de Minas - Coluna Cear Romero - 01/07/2013

‘Qranio’ e o Rio Digital

O secretário de Ciência e Tecnologia do Rio, Franklin Dias Coelho, e o fundador do Qranio, Samir Iásbeck, na assinatura do convênio para uso da plataforma em praças e naves do conhecimento do Projeto Rio Digital 15 Minutos. O Qranio é um game multiplataforma que estimula o aprendizado de uma forma leve e divertida, por meio de ‘quiz’ e prêmios. Já o projeto carioca consta de espaços comunitários de alta tecnologia que formarão uma rede de conhecimento. Seis já estão em funcionamento e até 2016 serão construídas 40 naves.

Congresso nos EUA
Controle e Tratamento de Tabagismo foi o tema de recente congresso realizado em Boston, com a presença de uma equipe multidisciplinar do Hiperdia, que desenvolve parceria da UFJF com o departamento de medicina preventiva da Universidade do Kansas.

No ‘flash’, Marilda Ferreira, Kim Richter, Arise Galil, Eliane Banhato, Ana Paula Cupertino e Tainara Formagini (do programa Ciências sem Fronteiras)

Fonte: jornal Tribuna de Minas – Coluna Cesar Romero

15 anos

Camila (filha de Rita de Cássia Sales Ramos e Genivaldo Ramos, o Gê) festejou 15 anos no Clube Biquense com a participação do Cerimonial Rita Fonseca. Antes, o padre Cássio celebrou na Igreja de Santo Antônio.

Camila Sales Rocha Ramos

Rédeas
O Clube do Cavalo de Juiz de Fora promoverá, gratuitamente e aberta ao público, palestra com o tema “Rédeas: potencialização do cavalo de sela”, amanhã, às 19h. Aceita-se, de bom grado, um quilo de alimento não perecível.

O utilizador da palavra será Toninho Iásbeck… Engenheiro Agrônomo (UFV)… Titular, há 15 anos, do Centro de Treinamento Rancho Eldorado, especializado em rédeas e horsemanship… Ministra cursos e presta assessoria e consultoria em todo Brasil em haras, clubes equestres e universidades… Inspira-se em treinadores de renome internacional, tipo Clinton Anderson (USA), Jango Salgado (Brasil), Chico Ramirez (México) e Oscar Scarpati (Argentina).

Top

Sara Iásbeck Jorge (Élysée Model Management-Ariane Sarto) preparada por Waldisley França Mendes – Leley – (fotógrafo, designer gráfico e professor do Colégio Copeb) e Matheus Lanini (designer e fotógrafo)…

A saga do mulungu
Viviane Novaes

Mulungu

Era uma vez um mulungu, que se exibia à beira da piscina do clube onde eu nadava, em Juiz de Fora. Todas as vezes que eu batia em uma das bordas, me deparava com uma árvore alta, que nos meses de setembro perdia as folhas e se pintava de flores vermelhas. Descobri que se tratava de uma Erythrina verna, planta nativa do Brasil. O nome vulgar é mulungu, termo usado para designar na África o Ser Supremo, o Deus do trovão, do relâmpago e da chuva. De dentro d’água, tirei muitas fotos do tal mulungu, talvez contagiada pela endorfina do exercício. Um dia colhi uma sementinha do chão e plantei-a num vaso, na casa de minha mãe em Bicas. A muda cresceu apertada dentro do vaso e eu não tinha ideia para onde iria transplantá-la, já que se tratava de uma espécie que precisava de muito espaço ao redor. Meu amigo nadador, Pedro Ladeira, se dispôs a levá-la para sua fazenda em Santos Dumont. Mas o tempo passou, me mudei para Brasília e a muda, coitada, ficou abandonada no jardim da minha mãe. Até que, na Rio+20, encontrei um livro infantil sobre a árvore e sua relação com um menino. O mulungu estava salvo: eu e minha mãe tratamos de levar a muda, já com um metro e meio de altura, num ônibus de excursão da igreja, com destino a Santos Dumont! Aqui nas fotos, a árvore-mãe que eu fotografava, e o Pedro, todo feliz, com o filhote plantado em sua fazenda. Para muita gente, esta história pode ser uma idiotice. Mas, para quem cuida da natureza, faz uma diferença danada. Cada ser do planeta merece viver e ser cuidado.

Arquivos
Categorias