Segurança, qualidade e conforto

O lema do carnaval de Bicas, “Segurança, qualidade e conforto”, mais uma vez, saiu do papel e foi para as ruas, principalmente, para o espaço reservado aos shows e a concentração dos blocos open bar, graças a Polícia Militar. Para reforçar o esquema montado, seguranças contratados pela prefeitura ajudaram a manter a ordem no local. Toda a estrutura como palco, camarote, barracas e banheiros foi cuidadosamente planejada.

A Secretaria de Cultura organizou um carnaval alegre, sadio e confortável, que foi apreciado pelas famílias biquenses, visitantes e turistas. O batuque forte, o samba, a marchinha, entre outros ritmos, marcaram o carnaval da cidade.

Antecipando o evento, dia 11 de fevereiro, O “Baile do Marquinho Cabeleireiro”, com fantasias e gente feliz, levou os foliões a se divertirem a noite toda, ao som da Banda do Tute. Um luxo!

A folia oficial começou no sábado, dia 18, com vários eventos, como o tradicional “Bloco das Brabuletas”, animado pela bateria nota 10 da Mocidade Independente das Abelhas, culminando em uma bonita homenagem a Edir Moreira, um dos seus fundadores do bloco. Ainda no sábado, aconteceu a “Pig Fantasy”, a melhor festa a fantasia de Bicas e região, que premiou os melhores trajes e ficou marcada pela presença de uma juventude bonita e descontraída.

Na sexta-feira, dia 24, o já esperado “Baile do Vermelho e Branco”, também, com a Banda do Tute, encantou os foliões, personificando uma das maiores paixões nacionais. No espaço “Segurança, qualidade e conforto”, Flavinho e Banda, com um repertório de primeira e muito variado, mexeu com a galera.

No sábado, o prefeito Honório de Oliveira e o vice Luizinho Sales entregaram a chave da cidade ao Rei Momo Rogério e à Rainha Aline, deixando nossa cidade sob os cuidados da realeza, nos quatro dias de folia.

Assim sendo, a alegria tomou conta e a descontração foi geral com as bandas Arquivos X, Salamandra, Tute, Mistura de Raça e Curti’aê.

Ainda como parte integrante do belíssimo carnaval, as escolas de samba Mocidade das Abelhas, Real Biquense e Unidos do HV se uniram e, sob aplausos, apresentaram um bonito desfile e pediram a todos que: “Não deixem o samba morrer…”

Caip Folia, Bloco Garagem Aberta, Piranhas da Rua da Caixa, Mascaradas AS Taboas, Banda Daki, Bloco do Xoxó, Bloco do Tira Couro, Bloco da Cana, Bloco da Meiota, Bloco do Urubu, Império do Edgar Moreira, Bloco da Pelada, Bloco das Divinas do Buraco Quente e Bloco do Pijama superaram as expectativas com muito estilo e animação.

Além desses tradicionais blocos, em 2017, outras agremiações surgiram, inovando o carnaval com uma nova proposta para a juventude, sob a forma de venda de abadás, tão famosa em carnavais da região e de diversas cidades do nosso país.

Para finalizar, a prefeitura abre espaço para agradecer a participação especial do animado conterrâneo Zé Kodak, dos seus amigos juiz-foranos e da grandiosa Banda Daki.

O entusiasmo da Secretaria de Cultura é grande, pois grande foi o carnaval de Bicas. A nossa proposta carnavalesca é abrir espaço à alegria. Que venham mais turistas, que venham mais blocos!

O objetivo é sempre amar a nossa cidade, valorizando sua cultura e seus festejos, engrandecendo sua gente, composta de trabalhadores, jovens, crianças, estudantes, empresários, de grandes mulheres e grandes homens, de um povo religioso, de grandiosidade de alma, de grandes foliões, apaixonados por seu carnaval!

Bloco do Urubu

Caip Folia

Bloco da Cana

Super Escola

Rainha Aline, Marquinhos Cabeleireiro e Rei Rogério

Mascaradas As Taboas

Fonte: www.bicas.mg.gov.br

Arquivos
Categorias