Anos Iniciais

Oito-ponto-zero

Ilma Alhadas completou 80 anos de vida e formou um quinteto fotográfico sorridente com Vitória (filha), Camila (neta), Valéria (filha) e, no ventre, vem aí, Nina (bisneta)

Oito-ponto-zero I
Os filhos Luís Carlos (Tabelinha), Paulo César, Rita, Raquel, Patrícia, Renata , Giselle e Carlos Alberto (saudoso, mas presente) bolaram uma festa surpresa pra festejar os 80 anos de Wanir Guarnieri de Paula, no Recanto das Noivas, em Bicas.

Rolou uma linda e emocionante recepção para receber os familiares e amigos do querido pai. Wanir e Cleonice (esposa) ficaram alegres com a homenagem dos filhos.

O aniversariante com os filhos e netas

Qualidade de vida

Sob a coordenação das psicólogas Adriana Andrade e Kátia Olivieri, o terceiro encontro do Grupo Femina  mandou ver no Esporte Clube Biquense e abordou o tema “Qualidade de vida: práticas diárias para corpo e mente saudáveis”.

O objetivo do encontro foi mostrar a importância da mulher ter momentos para se cuidar e estar em harmonia consigo mesma para dar conta da vida de uma forma mais saudável.

Thais Lamha (dicas sobre alimentação saudável), Rita Delmonte  (experiência com o Budismo) e Mônica Prado (yoga e os benefícios do relaxamento) explanaram suas ideias na reunião.

Pra completar, coffee break e uma confraternização ‘daquelas’.

Galera 'qualidade-de-vida'

Bolsão

Aniversário

Espedito Cordeiro de Barros brindou 80 anos no Espaço das Noivas, em Bicas, com o bom tempero da Toscana Buffet e a boa música do Flavinho (Rio Novo). A decoração foi elaborada em família.

Espedito e os netos Laura, Marcelinho e Amanda

Espedito e as filhas Rosane, Simone e Valéria

Bom FDS

Em Bicas

Espaço Café Central

Um pouquinho de Paris logo ali, em JF, na Galeria Azarias Villela nº 40, ao lado do Cine Theatro Central.

Sob o comando da família Frade, a casa serve massas, grelhados, saladas, cafés, bolos, crepes e caldos, além das deliciosas cervejas artesanais.

Espaço Café Central

Pra lá de conhecidos

O prefeito e o vice eleitos em Bicas são pessoas bastante conhecidas na cidade, mas sempre tem uma coisinha ou outra que escapa daqui, escapa dali… Bora, então, conhecer melhor as figuras.

Honório de Oliveira
Honório de Oliveira nasceu no dia 1º de novembro de 1947 na comunidade dos Machados. Caçula entre os dez irmãos, é filho de Dejanira Fonseca de Oliveira e de Francisco Felisberto de Oliveira.

Criança esperta e inteligente, desde cedo já mostrava a que veio.

Mudou-se no ano de 1951 para a Fazenda da Saracura, onde seu pai foi trabalhar.  Ali passou o resto da infância, dividindo a pequena casa com a numerosa família.

Iniciou seus estudos no então Grupo Escolar Coronel Joaquim José de Sousa, tendo como primeira professora a dona Vilma Croce, que o iniciou no mundo das letras utilizando “O livro de Lili”, do qual se lembra com carinho.

Começou a trabalhar cedo, ajudando o pai na lida da roça, hábito que cultiva até hoje, com amor.

Ia para a escola a pé, enfrentando desde então as dificuldades que a vida lhe impunha. A mais difícil delas foi a perda repentina da mãe, quando tinha apenas 14 anos.

Iniciava, assim, um novo ciclo de sua vida. Deixou os estudos e se dedicou somente ao trabalho, morando na casa de suas irmãs, já casadas.

Mais tarde, foi para a vizinha cidade de Pequeri, levado por seu irmão Francisco (Chico Mineiro), para trabalhar na Beneficiadora de Minérios Pequeri, retornando então aos estudos no período noturno. Cursou o Ensino Médio no Colégio dos Jesuítas, em JF, auxiliado novamente pelo irmão que, como um pai, assumiu a sua formação.

Fez muitas amizades e passou parte de sua juventude em Pequeri, casando-se em 1973 com Delizete Fávero Corrêa, com quem teve sua primeira filha, Renata, que lhe deu os netos: Rana e Davi.

Graduou-se em Educação Física, pela UFJF, em 1976, e começou a lecionar na Escola Estadual Deputado Oliveira Souza, onde se tornou vice-diretor, e depois diretor, por três mandatos consecutivos, dedicando muitos anos de sua vida ao “Estadual”.

Trabalhou, ainda, na Escola Estadual Waldomiro de Magalhães Pinto e Escola Municipal de Pequeri – 2º Grau, na qual também foi diretor.

Depois de ficar viúvo, casou-se novamente com Rosina, aumentando a família com os filhos Ana Elisa (que lhe deu mais um neto, o Tadeuzinho) e Pedro Honório.

Em 1985, conseguiu sua remoção no Estado, fixando-se definitivamente em Bicas, após longos anos de estrada.

Aqui, criou sua família, solidificou sua profissão e entrou para a vida pública como prefeito. Exerceu por quatro anos seu primeiro mandato, conseguindo se reeleger para o cargo, fato inédito na história de Bicas.

Em seu governo, conseguiu diversas melhorias para a nossa cidade, entre elas o Polo Universitário, o CIESP, a Creche Municipal, a construção de vários prédios públicos, além de praticar uma política limpa e transparente. Respeitou o dinheiro público e, com isso, conquistou o respeito de todos.

Homem de muita fé, aprendeu desde cedo com a mãe, devota de Santo Antônio, a respeitar e agradecer a Deus o que lhe é oferecido. Mantém, juntamente com os irmãos, a tradição de homenagear o santo, em seu dia, realizando o “terço” em seu Sítio. Parentes e amigos participam da celebração. Fogueira, foguetes e um farto lanche completam o encontro.

Atualmente, aos 69 anos, é exemplo de trabalho, luta, responsabilidade e seriedade. Com suas mãos grossas do trabalho no campo, mostra a seus filhos o valor de se ter um nome e zelar. De menino humilde a homem vitorioso, é exemplo de que as duras condições que, às vezes, nos são impostas, podem ser superadas, quando cremos no potencial que nos foi dado por Deus.

Por acreditar que ainda tem muito a contribuir para o desenvolvimento de nossa cidade, concorreu, mais uma vez, ao cargo de prefeito e saiu vitorioso no pleito de 2016, conquistando mais um fato inédito: será o único cidadão biquense a comandar o executivo municipal por três vezes.

Prefeito eleito

Luizinho Sales
Luiz Carlos Sales, mais conhecido como Luizinho, filho de Victória Maria de Oliveira Sales e de Salvador de Almeida Sales, nasceu em Rosário de Minas, distrito de Juiz de Fora, em 19 de agosto de 1964.

Mudou-se para Bicas com sua família em 1972, aos 8 anos de idade. Estudou na Escola de São Manoel, Escola Municipal Coronel Joaquim José de Souza e Escola Estadual Deputado Oliveira Souza.

Graduou-se em eletrotécnica no Curso Técnico Universitário da UFJF e, estagiando na Cia Força e Luz Cataguazes Leopoldina, ingressou no mercado de trabalho.

Passou pela Cia. Industrial Santa Matilde, em Três Rios, e Usiminas, em Ipatinga. Em 1987, iniciou sua vida no comércio como sócio-fundador do Mercado Sales.

Em 1989, foi para Juiz de Fora e abriu a Lanchonete Chora Morena, onde trabalhou por 18 anos. Paralelamente,  no período de 1993 a 2004, manteve uma parceria com Marta Helena Rossi, no Martha´s Buffet, onde tiveram a chance de atuar na organização e realização de grandes eventos. Dessa parceria resultou uma grande amizade e respeito que perdura até os dias de hoje.

Em julho de 1991, casou-se com Christine Pereira Mattos Sales com quem teve seus filhos, Clarice de Mattos Sales e Mateus de Mattos Sales.  Em 2002, retornou a Bicas para, ao lado de sua esposa Christine e de seu cunhado Rafael Pereira Mattos, dar início ao Supermercado Santa Izabel, empreendimento que, atualmente, gera cerca de 55 empregos diretos. Nesse mesmo período, junto com seu irmão Sergio Henrique Sales, ingressou ainda da agropecuária local. Em 2015, teve a alegria de se tronar avô do Miguel.

Desde sempre se mostrou interessado pelo bem de nossa cidade e hoje, com amor e responsabilidade, galgou o cargo de vice-prefeito ao lado de Honório de Oliveira, amigo que já carrega há muito tempo e por quem tem grande admiração.

Vice-prefeito eleito

Inglês descomplicado

Erler Pinho (Lee Soares – Inglês Descomplicado 4 Brasilians), além de disponibilizar vários tipos diferentes de agenda, deu uma injeção ‘anabolizante’ de eficiência e praticidade em seu curso de inglês. O professor aprofundou o método ‘Input Compreensível’ e migrou 100% do atendimento para o Skype, podendo, agora, atender alunos de todo o Brasil.

Fala aí, Lee Soares!

“Descobri que a minha abordagem já havia sido estudada pelo linguista Stephen Krashen, na sua obra ‘Input Compreensível’ (1985), e, aprofundando-me nela, agucei minha didática, que agora permite fluência ao aluno iniciante, antes dos seis meses de curso. Eliminei, também, o problema de falta de tempo de todos os meus alunos.

Estou então relançando o meu curso com o ‘Inglês Descomplicado’, que é o treinamento mais eficaz e completo para o aluno vencer seus bloqueios linguísticos, aprender a falar naturalmente e, ainda, aprender bem mais rápido. Isso tudo sem ter que sacrificar a sua rotina diária.”

Contatos: e-mail: conversation4brazilians@gmail.com ou whatsapp: (32) 8469-6538.

Solidariedade

O Colégio COPEB, em mais um Ação de Cidadania, arrecadou materiais de limpeza, que foram doados para várias entidades. Nas imagens, a diretora da escola, Rita de Cássia Fonseca, com os representantes das instituições.

Sítio Shalon (Ana Paula, Oswaldo e Dulciane)

Fazenda da Esperança (Jhonatan e Eduardo)

Hospital São José (José Carlos Agrelli)

Creche Professor Irineu Guimarães (Clóvis Gonçalves Pires)

Lar Cristão Paulo de Tarso (Neuzália Ramos)

Arquivos
Categorias